Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

florbytes

Gosto de andar sem pressa, ainda que a impaciência tenha pressa e corra comigo.

florbytes

Gosto de andar sem pressa, ainda que a impaciência tenha pressa e corra comigo.

Ver para crer...

Não sou desconfiada. Não costumo trancar portas a sete chaves. E nunca penso que há quem ganhe a vida a roubar. Mas há!

Domingo calhou-nos, a visita, do amigo do alheio. Ficamos incrédulos a olhar para o carro com o vidro estilhaçado. Um dos bancos de trás foi revertido para acesso à bagageira e claro, as portas encontravam-se destrancadas.

Depois de verificarmos o que faltava, e do que nos lembramos, pouco parece ter desaparecido (pelo menos nisso, nós não tivemos muito azar, e ele(s)  não tiveram muita sorte).

Faltou a minha mala de tiracolo (que troquei antes de sair do carro e por isso, acredito esteja praticamente vazia) e ainda o presente de uma amiga, uma bolsinha que adorei receber, tipo palhinha com fecho. Talvez por ser do tamanho de um Tablet, deitaram-lhe a mão.

Um caso curioso no meio disto:

Na bagageira a que tiveram acesso, tinha mais valor do que o que levaram. Tinha um casaco, ténis de homem e outras peças de roupa. Havia um saco em papel com uma carteira, dentro tinha 6 relógios, todos a aguardar a visita ao relojoeiro, apenas para substituição de pilhas.

Com o uso do telemóvel acabamos por esquecer de colocar relógio, quando nos lembramos, já as pilhas terminaram a validade.

Fizemos mais de 30 quilómetros com lâminas de vidro a esvoaçar. Colavam-se à pele e sempre que os tentava retirar, (o buraco no vidro era do meu lado) rasgava os dedos das mãos. Bem, conseguimos chegar a casa e aspirar tudo de forma a fazer desaparecer o que vimos destas limalhas.

E o que foi uma visita, num dia bonito de sol de Setembro a Vila Nova de Gaia, terminou de forma triste com o carro estroncado. A sensação é estranha. Durante algum tempo sei que dificilmente voltaremos aquele local. Não me inspirará de todo segurança.

Há dias em que devíamos ter ficado em casa. Este era um desses dias.

Agora? É substituir o vidro rápido, dizem que a chuva vem a caminho.

publicado às 01:04

A tentação...

...acabou de pés frios e molhados na espuma do mar da Granja.
 
"De todos os cantos do mundo
 Amo com um amor mais forte
 e mais profundo
 Aquela praia extasiada e nua
 Onde me uni ao mar, ao vento e à lua.
Há muito que deixei aquela praia
De grandes areais e grandes vagas
Mas sou eu ainda quem na brisa respira
E é por mim que espera cintilando a maré vasa."
(Sophia de Mello Breyner)
 
publicado às 00:43

Lendas do Porto e do Douro

Lendas do rio Douro

 

 

  

 

"As ondas do rio Douro a correr
Vêm cantando baixinho
Passam nas margens de leve a bater
Com brandura e com carinho

Barcos Rabelos passando a vogar
Com as velas remendadas
Lendas antigas nos fazem lembrar
Contos de reis e de fadas

refrão:
Conta a lenda que o nobre mouro
À noitinha ia namorar
Com as ninfas do rio Douro ao luar


As águas levam segredos p'ró mar
Das moças namoradeiras
Porque nas margens os ouvem contar
Às bonitas lavadeiras

Dizem que quando aparece o luar
Em noites de lua cheia
As ninfas do rio Douro a cantar
Dançam o vira na areia"

publicado às 00:01

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2011
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2010
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2009
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2008
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D