Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

florbytes

Gosto de andar sem pressa, ainda que a impaciência tenha pressa e corra comigo.

florbytes

Gosto de andar sem pressa, ainda que a impaciência tenha pressa e corra comigo.

"Enlacemos as mãos"...

 

(...)
"Depois pensemos, crianças adultas, que a vida
Passa e não fica, nada deixa e nunca regressa,
Vai para um mar muito longe, para o pé do Fado,
Mais longe que os deuses.

Desenlacemos as mãos, porque não vale a pena cansarmo-nos.
Quer gozemos, quer não gozemos, passamos como o rio.
Mais vale saber passar silenciosamente.
E sem desassossegos grandes."

Fernando Pessoa

 

publicado às 00:01

Pinto de azul o olhar...

Às vezes mesmo em dias de céu muito azul - a cor esmorece .

 

"Então pintei de azul os meus sapatos

Por não poder de azul pintar as ruas

Depois vesti meus gestos insensatos

E colori as minhas mãos e as tuas


Para extinguir de nós o azul ausente

E aprisionar o azul nas coisas gratas..."

 

 

Roubei o azul com que pintei daqui

 

publicado às 00:55

Sim. Eles sabem o que fazem!

 

As pessoas sensíveis não são capazes
De matar galinhas
Porém são capazes
De comer galinhas


O dinheiro cheira a pobre e cheira
À roupa do seu corpo
Aquela roupa
Que depois da chuva secou sobre o corpo
Porque não tinham outra
O dinheiro cheira a pobre e cheira
A roupa
Que depois do suor não foi lavada
Porque não tinham outra


"Ganharás o pão com o suor do teu rosto"
Assim nos foi imposto
E não:
"Com o suor dos outros ganharás o pão."


Ó vendilhões do templo
Ó constructores
Das grandes estátuas balofas e pesadas
Ó cheios de devoção e de proveito


Perdoai-lhes Senhor
Porque eles sabem o que fazem.



Sophia de Mello Breyner Andresen

publicado às 01:53

Sabes o que acho?

 

(...)

"Por vezes somos obrigados a
crescer sem querer e caimos sem
que nos empurrem, deixamos para
trás uma criança que tanto esteve em nós,
habituamo-nos ao mundo a sério.
Comprámos a camisa, outros a gravata
e vamos sorrindo ou aprendendo a sorrir
e dizem que nos fizemos homens. Mas
dizem que nas crianças está a luz.
Ouve bem!
Imagina.
Imagina o sol das mais diferentes cores."

 

Teixeira, Paulo

 

Continua aqui em a A Alma da Flor

 

publicado às 00:01

Sim, eu sei...

....lá fora a chuva cai! Escuto-a, ora suave, ora apressada...

 

Subo a veneziana

Afasto a cortina

Contemplo: Gotas de chuva a deslizar

 

Embacio a janela

E vou riscando nela

Traços: De pingos difíceis de acompanhar

 

São cristais brilhando

Em valsa rodopiando

Passos: Que não aprendi a dançar

 

Vão, descaindo e unindo

Vão, unindo e descaindo

 

Admito por momentos - Estão rindo

Sinto nesse instante - Vão cantarolando

Aceito por fim – Não as posso controlar

 

Levanto os olhos ao céu

Cerro de novo o véu 

Deixo de ver a chuva tombar

 

Não mais a quero seguir

 Ficarei somente a ouvir

 Deixar-me-ei embalar

 

Até de novo...

Simplesmente, até. 

publicado às 00:01

Contraluz

 

Em contraluz vou perambulando

Pessoas, pensamentos, silhuetas

Com quem me cruzo e vou guardando

 

Fim da tarde; Fim do dia; Fim somente.

 

Deixem-me passar

Que tenho pressa

Deixem-me! Preciso ver

 

Ó gentes! Deixem-me correr

Enquanto há luz

Enquanto tenho esperança

 

Deixem-se sentir arrebatada

Com a luz que a minha vista alcança

 

Sombras, eu reconheço

O resto passa, e eu esqueço

 

Mas hoje, deixem-me prender às cores que me aquecem o olhar

 

publicado às 20:55

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D