Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

florbytes

Gosto de andar sem pressa, ainda que a impaciência tenha pressa e corra comigo.

florbytes

Gosto de andar sem pressa, ainda que a impaciência tenha pressa e corra comigo.

Ninhos sem pássaros

 

Os pássaros são como as crianças. Irrequietos. Teimosos. Voluntariosos.

Acreditam que podem voar apenas porque já sacodem as asas.

Longe do olhar dos progenitores fazem a primeira tentativa. Apercebem-se tarde demais que apenas sabem saltitar e esvoaçar no aconchego do ninho. Que o esforço de subir não é igual ao de descer. Que as asas ainda não são fortes e ágeis para fugir aos predadores que facilmente os agarram.

E depois…

É ver as mães piando aflitas em chamamentos durante horas a fio. Mete dó vê-las de bicos carregados de pequenos insectos para as alimentar.

Oh rebeldia! Oh imprudência que termina na relva do jardim!...

publicado às 00:55

Serra da Cabreira - Vieira do Minho

 

 

 

 

 

Para além de granítica e verde, a Serra da Cabreira exerce um fascínio especial:

lá nasce o rio Ave.

A água parece cantar ao correr, cristalina, por entre as pedras dos montes.

Porém, ao passar pela primeira zona urbana, pinta-se de negro parecendo deslizar

moribundo até ser acolhido pelo oceano em Vila do Conde.

publicado às 00:18

Partamos ao encontro do Minho

 Póvoa de Lanhoso

 

Nestes primeiros dias de Julho o dia nasceu um pouco farrusco e chuvoso a Norte,

deixando o verde ainda mais verde, mas o céu, menos azul.

 

Santuário seiscentista de Nossa Senhora do Pilar

 

Vista das Muralhas do Castelo de Lanhoso

 

Erguido no topo do monte do Pilar.

 

Reza a história que neste castelo se refugiu por duas vezes a mãe de D. Afonso Henriques

 

O maior monólito granítico de Portugal

 

publicado às 23:25

A borboleta e o insecto esquisito.

 

 

 

 

Assumo:

- Não tenho jeito para "clics" a borboletas

- Não arranquei o que falta à asa da bicha, juro!

- Encontrei este irrequieto insecto azul. Parece uma mistura de mosca gigante com borboleta de passagem de modelos (é esguia).

- A pequena flor, é a minha vingança por não ter conseguido apanhar a borboleta - amarela, a laranja, a castanha e a verde que passavam por mim e ainda gozavam - malvadas!

 

publicado às 09:00

Vida!

 

o silêncio
um pouco de nada no dia que passa
uma aragem gelada no calor da tarde
um frio suor nas noites de insónia.

nada existe
para lá da certeza exacta da distância
que em nós interiormente se afirma
no amargo sopro do desencanto.

nem a espera
a vida não tem margem que a pare
e as horas arrastam-se e correm
num mesmo tempo simultâneo.
só a esperança
que entra pelas frestas do desejo
de viver.
mulher50a60.weblog.com

 

 

publicado às 16:10

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D