Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

florbytes

Gosto de andar sem pressa, ainda que a impaciência tenha pressa e corra comigo.

florbytes

Gosto de andar sem pressa, ainda que a impaciência tenha pressa e corra comigo.

A Rosa do meu jardim

 

A bela Rosa encarnada

Eu encontrei sequiosa

Quando lhe matei a sede

Ela ficou bem cheirosa

 

Sua essência suprema

Logo percorreu o jardim

Uniu-se à Alfazema

E também ao Alecrim

 

Enquanto molhava a relva

Vi  "casinhas" a mexer

Aranhas  aceleradas

Outros bichos a correr

 

Porque hoje:

Está uma linda noite de Verão

A Lua brilha

E a natureza está desperta

Ou apenas:

Porque sim!

 

 

publicado às 22:43

E o céu parecia ali tão perto!...

 

 

 

A lenda de São Rosendo
A boa gente de Monte Córdova, segundo reza uma lenda que anda por lá, nem sempre foi tão feliz como se pode pensar. Houve tempos em que, não havia meios de nascer por ali crianças que se levasse à pia baptismal.
As mulheres andavam amarguradas e os homens resmungavam, que a coisa não era para menos… Aquilo só mesmo obra do Diabo. E depois aquela maldade de quem passava por mulher sem filhos, atirando à socapa um “t'arenego machorra, q'andas metida co diabo…”
Até a nobre Condessa Aldara se metia por atalhos, atravessava os milharias e subia ao Monte em penitência, mas com cuidados para que ninguém a visse assim, mulher madura e sem herdeiros. Tanto rezou e tantas vezes subiu ao Monte Córdova em sacrifício que um dia se sentiu em estados de ser mãe.
E foi assim que nasceu São Rosendo. Cresceu e foi Bispo. E se não foi a Mãe, foi ele que por via de graça recebida, ali mandou erguer um Mosteiro. No alto do Monte, onde Deus parece estar mais próximo de quem padece!

 

Hoje resolvemos calcorrear os caminhos que D. Aldara percorria na referida lenda.
Apesar de se tratar de um percurso de difícil acesso e custoso de caminhar por ser muito íngreme, o esforço foi recompensado com uma paisagem lindíssima e mística, tal como transparecem as imagens  (ainda que de uma forma ténue e muito singela quando comparada com a sensação "in loco"). O êxtase que nos causou deixou-nos crentes de que de facto aquele é um lugar especial e com uma aura misteriosa fantástica.
 
publicado às 00:26

Gaivotas a Norte (Póvoa de Varzim)

 

 

 

Por diversas vezes ouvi comentar que as gaivotas não são aves muito bonitas.  

Eu concordo!

 

São desengonçadas, pouco elegantes e a sua cor acinzentada confunde-se um pouco com a areia.

 

No entanto a planar tendo o céu azul como fundo é uma imagem graciosa. E quando chega o final do dia, parecem aviões branquinhos a aterrar de mansinho junto ao mar.

 

Concluindo: São aves enganadoras! Escondem a sua beleza, revelando-a apenas quando voam no céu em liberdade!

publicado às 23:19

Ruínas do Convento do carmo - Lisboa

                                                                                                                                                   flordeliz

Ruínas do Convento do Carmo  

 

"Monumento do século XIV foi parcialmente destruído pelo Terramoto de 1755. Nunca foi reconstruído, relembrando simbolicamente esse acontecimento."

 

publicado às 01:59

Pág. 2/2

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D