Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

florbytes

Gosto de andar sem pressa, ainda que a impaciência tenha pressa e corra comigo.

florbytes

Gosto de andar sem pressa, ainda que a impaciência tenha pressa e corra comigo.

Ver para crer...

Não sou desconfiada. Não costumo trancar portas a sete chaves. E nunca penso que há quem ganhe a vida a roubar. Mas há!

Domingo calhou-nos, a visita, do amigo do alheio. Ficamos incrédulos a olhar para o carro com o vidro estilhaçado. Um dos bancos de trás foi revertido para acesso à bagageira e claro, as portas encontravam-se destrancadas.

Depois de verificarmos o que faltava, e do que nos lembramos, pouco parece ter desaparecido (pelo menos nisso, nós não tivemos muito azar, e ele(s)  não tiveram muita sorte).

Faltou a minha mala de tiracolo (que troquei antes de sair do carro e por isso, acredito esteja praticamente vazia) e ainda o presente de uma amiga, uma bolsinha que adorei receber, tipo palhinha com fecho. Talvez por ser do tamanho de um Tablet, deitaram-lhe a mão.

Um caso curioso no meio disto:

Na bagageira a que tiveram acesso, tinha mais valor do que o que levaram. Tinha um casaco, ténis de homem e outras peças de roupa. Havia um saco em papel com uma carteira, dentro tinha 6 relógios, todos a aguardar a visita ao relojoeiro, apenas para substituição de pilhas.

Com o uso do telemóvel acabamos por esquecer de colocar relógio, quando nos lembramos, já as pilhas terminaram a validade.

Fizemos mais de 30 quilómetros com lâminas de vidro a esvoaçar. Colavam-se à pele e sempre que os tentava retirar, (o buraco no vidro era do meu lado) rasgava os dedos das mãos. Bem, conseguimos chegar a casa e aspirar tudo de forma a fazer desaparecer o que vimos destas limalhas.

E o que foi uma visita, num dia bonito de sol de Setembro a Vila Nova de Gaia, terminou de forma triste com o carro estroncado. A sensação é estranha. Durante algum tempo sei que dificilmente voltaremos aquele local. Não me inspirará de todo segurança.

Há dias em que devíamos ter ficado em casa. Este era um desses dias.

Agora? É substituir o vidro rápido, dizem que a chuva vem a caminho.

publicado às 01:04

Verão é fogo que arde ...não muito longe.

20210816_200951.jpg

Vê-se. Sente-se. Deixa rasto. Cor. Cheiro.
É aquela beleza que admiramos sem paixão. Reconhecendo dor. Perda. Destruição.
O mar anuncia a terra (Castro Marim) em chamas. Mais um incêndio. O calor nesse dia e o vento não deram tréguas.

É estranho ver fumo no mar. É estranho ver o sol coberto de fumo. É estranho...

Ir a banhos com tempo nublado de poluição. 

publicado às 23:31

Onde foi o Verão?

20210718_223130_P&B.jpg

Não há gente. E também não se escutam reclamações sobre lotação.

Siga em modo Covid. 

Confinamento "temporal". S. Pedro ficou em modo de "alerta" amarelo.

Mais um fim de semana em modo "chuviscos".

Divirtam-se. Como souberem. Que a imaginação não vos falte.

Previsão: Tempo fresco.

Bom tempo para: Continuar no sofá.

publicado às 13:01

Inalcançavel azul

20210718_224114.jpg"Para vermos o azul, olhamos para o céu. A Terra é azul para quem a olha do céu. Azul será uma cor em si, ou uma questão de distância? Ou uma questão de grande nostalgia? O inalcançável é sempre azul."

Clarice Lispector

publicado às 23:07

Assim como. Como o quê?

20210718_223932b.jpg

"Assim como falham as palavras quando querem exprimir qualquer pensamento, 
Assim falham os pensamentos quando querem exprimir qualquer realidade, 
Mas, como a realidade pensada não é a dita mas a pensada. 
Assim a mesma dita realidade existe, não o ser pensada. 
Assim tudo o que existe, simplesmente existe. 
O resto é uma espécie de sono que temos, infância da doença. 
Uma velhice que nos acompanha desde a infância da doença."
 
 
Alberto Caeiro,
Heterónimo de Fernando Pessoa
publicado às 22:56

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D