Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Estou de olho :-)

Quinta-feira, 18.09.14
Estou de olho

...e ainda estou, de olho.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por DyDa/Flordeliz às 00:01

Despertar o sol ao amanhecer

Quarta-feira, 17.09.14
despertar o sol ao céu do amnhecer

Ainda meio adormecidos,

madrugamos ao encontro do despertar

matinal do grande astro-rei.

Feiticeiro, acolheu-nos caloroso

com o seu grandioso brilho,

superando qualquer uma

das expectativas antes imaginadas,

por cada um de nós.

 

Silêncio.

Há um enorme silêncio!

Não se pode quebrar este momento.

E vocábulos?... Para quê?

Olhar - Ver - Ver muito - Ver o máximo.

 

Porque...

O mundo é fantástico.

Vê-lo é divino.

Vivê-lo um privilégio

 

Achei eu! E vós?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por DyDa/Flordeliz às 01:17

Bicho da seda

Sábado, 13.09.14

Fabricar seda a partir da fibra branca dos casulos dos bichos-da-seda.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por DyDa/Flordeliz às 23:54

Please...

Sábado, 13.09.14

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por DyDa/Flordeliz às 21:48

Mausoléu Atatürk

Quinta-feira, 11.09.14
        
Mausoléu a Ataturk

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por DyDa/Flordeliz às 01:46

Viagem à lua de balão :-)

Domingo, 07.09.14

  

 

 

 

Não é preciso ter asas para ver a lua ou voar...

basta um balão e continuar a sonhar em terra firme.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por DyDa/Flordeliz às 18:24

Yerebatan Sarnıcı

Sábado, 06.09.14
A Cisterna. foi mandada construir por Justiniano I é uma obra fantástica, suportada por 336 colunas romanas.
Próximo fica a Basilica de Santa Sofia (Sabedoria), bem como a Mesquita Azul.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por DyDa/Flordeliz às 01:49

I Have The Love

Quinta-feira, 04.09.14

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por DyDa/Flordeliz às 00:41

Penedo da saudade...

Quarta-feira, 03.09.14
POR DO SOL NO PENEDO DA SAUDADE

A Lenda do Penedo da Saudade

Os marqueses de Vila Real foram donos de Moher, hoje denominado São Pedro de Moel (…). O Duque de Caminha, D. Miguel Luís de Menezes, filho do Marquês de Vila Real, vivia feliz em Moher com a sua jovem esposa, a Duquesa D. Juliana Máxima de Faro, filha dos Condes de Faro.

Num dos seus passeios a cavalo, nas arribas junto ao mar, pararam os dois sobre o promontório. Como estavam muito enamorados, ali fizeram as suas juras de amor eterno e expressaram o seu carinho.

Naquele local, misturadas com o mato nasciam pequenas e belas flores cor-de-rosa, eram tão raras que só se encontravam naquele sítio, e o duque gostava de oferecer raminhos destas flores à sua esposa. (…) Para eles este sítio era maravilhoso, um verdadeiro paraíso. Tiveram de regressar a Lisboa.

Tinha-se dado a Restauração de Portugal e era nosso rei D. João IV. O título de duque de Caminha tinha sido dado a D. Miguel pelo Rei Filipe III e D. João IV tinha-lho confirmado em 1641. O pai do duque, o marquês de Vila Real, a quem o rei D. João IV tinha também confirmado o título e concedido o lugar de Conselheiro de Estado, não estava satisfeito e começou, junto com outros, a conspirar contra o rei.

Fez então uma reunião (…) e pediu ao filho que estivesse presente. O filho participou nesta reunião para dissuadir o pai das intenções que este tinha contra o rei.

No dia seguinte, o rei já sabia de tudo e mandou prender todos os participantes nessa reunião. A duquesa bem pediu ao rei que perdoasse o seu marido, mas este não lhe concedeu o perdão.

Foi-lhe sentenciada (…) a pena morte. No dia a seguir à execução do duque, a duquesa veio para a praia de Moher, pois só ali podia recordar os mais belos momentos da sua vida. Decidiu nesse momento, ir passear para aquele penedo sempre que o tempo lho permitisse.

Ali estavam em seu redor as belas flores rosas e perfumadas que o seu amado lhe oferecia. A estas flores a duquesa deu o nome de Saudades, e ao local o nome de Penedo da Saudade.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por DyDa/Flordeliz às 00:19

Um navio museu...

Terça-feira, 02.09.14

 

A bordo de um navio, só há três tipos de cordas, a saber: a corda do sino, a corda do relógio e "dar corda aos pés".

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por DyDa/Flordeliz às 00:01





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Setembro 2014

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930

arquivos

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2008
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D








comentários recentes

  • Cantinho da Manu

    Como te entendo!!! Senti o mesmo, não são precisas...

  • miilay

    Flor, Adorei! E o poema está lindo, sentido.Um abr...

  • golimix

    Florzinha querida!Tens que me perdoar a ausência, ...

  • Alexandra Rosa

    Adorei tudo!

  • DyDa/Flordeliz

    Estava a trabalhar. A estudar. A investigar.Uma fo...

  • DyDa/Flordeliz

    Se lhe pedissem para colocar a língua de fora para...

  • DyDa/Flordeliz

    Nada disso. As máquinas ATM só "cospem" notas de 1...

  • Remus

    Essa Xi Ling-Shi não batia bem da cabeça. Então en...

  • Remus

    Ele estava em greve de fome? Ou será que estava de...

  • Remus

    Com uma explicação deste gabarito, só faltou anexa...





subscrever feeds